Publicado em por

Como escolher o melhor teste de ADN de acordo com as suas necessidades

Certamente já se deparou com anúncios e testemunhos de pessoas que estão satisfeitos com a qualidade de serviço da empresa que acompanhou o seu teste de ADN. Os Kits de ADN estão agora disponíveis a qualquer pessoa que queira realizar. Mas o que realmente podem, estes testes de ADN, revelar sobre a sua herança familiar? São capazes de mostrar as doenças a que cada um é mais propeso, a nossa longevidade ou outras características relativamente à família?

 

Melhor_teste_de_adn

           

Existem diversas razões que levam uma pessoa a querer identificar o seu perfil de ADN. Quando uma pessoa procura um teste de ADN, o primeiro passo é determinar o que quer exatamente que o teste identifique e revele. Quer identificar ou desvendar quem é o pai de uma criança ou quer saber mais relativamente à sua raça e etnia? Está à procura de uma ligação com parentes ou está interessado em identificar quais as doenças que podem ser mais propesas de ter de acordo com o seu código genético? São estas as perguntas que deve colocar e responder para que possa determinar qual o tipo de teste de ADN mais indicado para si.

 

            Os testes de ADN não são todos iguais. Nem todos os testes são capazes de responder às diferentes questões. Existem muitos fatores a considerar quando se procura o perfil de ADN, como:

 

  • Identificar as informações específicas de ADN que lhe interessam saber;
  • Discutir as perguntas de ADN com o seu profissional de saúde, ele pode ajudá-lo a entender algumas questões e aconselhá-lo num kit;
  • Considerar o custo financeiro;
  • Estar ciente do significado e do impacto que os resultados terão em si e em outras pessoas.

 

Testes mais comuns de ADN

 

      1. Testes Ancestrais

A maioria dos testes ancestrais envolvem os seus 23 conjunto de cromossomas e oferecem um relatório básico de origem e etnia. Alguns destes testes são capazes de revelar traços de saúde e características específicas de regiões e origens.

 

      2. Testes de Paternidade

Estes são os testes mais requisitados e são usados para determinar a paternidade e outras relações familiares. Todas as pessoas herdam o ADN dos pais. Os testes de paternidade são baseados em “probabilidades de paternidade” e onde essa probabilidade é alcançada quando os marcadores de ADN revelam que o ADN da criança está emparelhado com o ADN do pai e/ou mãe.

 

       3. Teste de Paternidade Pré-Natal

O teste de Paternidade durante a gravidez, também conhecido como teste de paternidade Pré-Natal, consiste na comparação do ADN do feto que é encontrado no sangue da mãe com o ADN do alegado pai. 

 

       4. Teste de irmãos

O Teste de ADN de irmãos têm como objetivo avaliar se duas pessoas podem ser irmãos biológicos. As informações genéticas dos dois indivíduos são colhidas e comparadas. O teste de paternidade com irmãos, ou com alegados meios-irmãos é normalmente realizado quando o alegado pai não se encontra disponível para a realização do teste de ADN.

 

escolha_ideal_teste_de_adn

 

     5. Teste de ADN Avós

O teste de paternidade com Avós determina se há uma ligação biológica entre um avô/avó e um neto/neta. Por sua vez, este tipo de teste serve também para determinar a paternidade quando o pai está ausente ou falecido. Para realizar o teste é recomendado, na medida do possível, que a mãe biológica do neto/a participe no exame biológico.

 

      6. Teste Genómicos

Estes testes são realizados com o intuito de diagnosticar disturbios genéticos raros. De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisa do Genoma Humano (NHGRI), "Os testes genéticos podem ser usados para identificar riscos aumentados de problemas de saúde, para escolher tratamentos ou para avaliar as respostas aos tratamentos". Contudo este teste ainda não é permitido em Portugal.

Assim que determinar qual a resposta que quer ver satisfeita tem de se preocupar em que laboratório irá confiar o seu investimento e qual o melhor de acordo com as suas necessidades. Respostas estas que serão abordadas no próximo artigo do blog.

 

Comentários: 0

Este tema encontra-se fechado. Não podem ser adicionadas mais respostas.