Como realizar um teste de paternidade com suces...

Publicado em por

Como realizar um teste de paternidade com sucesso?

Como realizar um teste de paternidade com sucesso?

A maioria das pessoas tem receio e dúvidas quando o assunto está relacionado com a realização de um teste de ADN, porque na maioria das vezes influencia outras pessoas, família e requer não só um comprometimento coma verdade como ter conhecimentos de como funciona a realização do teste de paternidade.

Os resultados de um teste de paternidade são muitas vezes “chocantes” na vida de uma família podendo até sofrer mudanças drásticas na mesma. A Código ADN apresenta abaixo algumas dicas de como realizar todo este processo, sem expor o menor a toda esta situação de extrema ansiedade.

 

 

 

Escolha corretamente o teste de ADN 

 

O kit do teste de paternidade da Código ADN contém seis conjuntos de zaragatoas esterilizadas de colheita de ADN: dois conjuntos para a criança, no total de quatro zaragatoas para a criança, alegado pai e mãe (sendo que a participação da mãe é opcional). Se o alegado pai não estiver disponível para o teste de adn,, pode então optar por um teste de avós, tios ou irmãos. O laboratório de ADN pode analisar o código genético noutros parentes do alegado pai para, desta forma, estabelecer e comparar os marcadores genéticos. O valor destes testes de ADN em que o pai não está disponível é superior ao teste de paternidade pois envolve uma análise mais complexa e extensa e neste caso a participação da mãe é altamente recomendada para obter resultados mais precisos.

 

 

 

Reflita sobre como vai usar os resultados

 

Deve ponderar e perceber qual o seu objetivo com a realização do teste de paternidade: pretende obter um relatório de paternidade apenas para a sua própria informação ou quer antecipar a necessidade de usar esses resultados judicialmente?

Quando realizar a colheita de ADN em casa, os resultados não são admissíveis em tribunal, contudo poderá utilizar o relatório para inicio da averiguação da paternidade. Quando efetua a sua colheita nas cossas clinicas de adn, sendo esta recolha mandatada por parte do tribunal ou do Instituto de Medicina Legal, estes exames já têm valor legal.

Se não tem intenções de utilizar os resultados em tribunal pode realizar o teste em casa com o kit que a Código ADN lhe pode enviar de forma gratuita. 

 

Siga as instruções que vem com o kit cuidadosamente

O kit de teste de paternidade que a Código ADN envia para sua casa contém instruções muito detalhadas sobre como executar o esfregenço das zaragatonas  e como manusear estas antes e após a colheita de ADN. Leia todas as instruções cuidadosamente antes de fazer o esfreganço é importante que siga todos os passos. De forma a acelerar o processo de envio das amostras e de confidencialidade, o kit segue sempre com um envelope franqueado.

 

Quando fizer a colheita de ADN esteja com todos os intervenientes presentes

Aconselhamos que todos os participantes no teste de paternidade estejam na mesma sala quando se fizer a colheita de ADN. Isto diminui a hipótese de "fraude" (recolha de ADN em outra pessoa que não o correto interveniente). Se os participantes viverem em cidades diferentes ou se existirem razões para acreditar que um dos participantes pode tentar "enganar" o teste, insista em fazer um teste com uma testemunha ou fazer em uma clínica da Código ADN em vez de fazer a colheita em casa.

 

Escolha um laboratório acreditado

Quando tomar a decisão da realização de um teste de paternidade opte por um laboratório que tenha níveis altos de acreditação, tanto por entidades nacionais como internacionais. Isto garante que as suas amostras serão adequadamente tratadas, testadas corretamente e analisadas por profissionais. Os testes dos nossos laboratórios são repetidos duas vezes por colaboradores diferentes com a tecnologia mais avançada que existe atualmente.

Estas são as dicas essenciais para que o teste de paternidade seja realizado com uma maior taxa de sucesso. Escolha o teste certo para suas necessidades, considere como vai precisar de usar os resultados, siga todas as instruções do kit, supervisione as amostras de ADN na altura da colheita e só escolha testes de ADN em que os laboratórios sejam acreditados.

Comentários: 0

Este tema encontra-se fechado. Não podem ser adicionadas mais respostas.