Publicado em por

Interpretando os resultados do teste de paternidade

Interpretando os resultados do teste de paternidade

Quando solicita os serviços da CódigoADN e realiza o seu exame de paternidade, irá receber um relatório detalhado quanto aos seus resultados. O conteúdo e a redação dos relatórios utilizado nos resultados dos exames de paternidade é tanto científico como legal, e por isso às vezes pode ser complicado entender todos os parâmetros existentes nos relatórios. Este artigo visa dividir o relatório do teste de paternidade em termos mais simples de forma a que o seu entendimento seja imediato e simples.

NOTA: Este artigo refere-se apenas ao relatório de resultados do teste de paternidade pós-natal. Para obter ajuda para a compreensão de um relatório de um teste de paternidade pré-natal não invasivo, entre em contato com nossos especialistas em testes pré-natais pelo 220 417 190 (Seg. a Sex., 9:00 a 20:00).

 

Compreendendo um teste de paternidade dos laboratórios da CódigoADN.

O relatório de resultados do teste de paternidade pode ser dividido nas seguintes seções principais.

 

  1. Tabela do sistema genético (gráfico Locus / tamanho dos alelos)
  2. Índice combinado de paternidade (não abordado neste artigo)
  3. Probabilidade de paternidade (não abordado neste artigo)
  4. Conclusões do teste

 

 

Resultados do Teste de Paternidade: Tabela do Sistema Genético

O laboratório da CódigoADN testa no mínimo 18 marcadores genéticos e o locus de Amelogenina, que mostra o sexo de cada participante. Os dados dos sistemas genéticos da criança, do suposto pai e da mãe (opcional e gratuito) ficam registados no seu relatório no formato de uma tabela. Todos os marcadores genéticos testados são apresentados na tabela, incluindo marcadores genéticos adicionais que o laboratório utilize de forma a garantir resultados precisos.

resultado_teste_de_paternidade_adn

 

A criança recebe um alelo em cada marcador genético da sua mãe e um alelo do seu pai biológico. Se em algum marcador genético não existir um alelo do pai, então esse alegado pai pode não ser o pai biológico. Usando estatísticas, o Índice de Paternidade (listado como PI na tabela) indica a força com que cada alelo tem entre indivíduos num ponto em particular (marcador genético).

 

Uma questão frequente que surge nos nossos clientes é a probabilidade de relacionamento apresentar o valor absoluto de 100%. (probabilidade de paternidade)

Na realidade independentemente do laboratório, nunca vai obter o resultado de 100%, contudo isto não significa que o resultado não seja 100% fiável, por outras palavras, os resultados do teste de ADN são todos baseados em estatísticas.

Para se obter uma probabilidade de 100%, teríamos que testar todos os homens do mundo com uma base étnica semelhante ao suposto pai que está a ser testado, e por razões óbvias, isto não é possível, então é utilizado uma amostragem da etnia da pessoa para chegar ao resultado final.

 

Resultados do teste de paternidade: conclusões do teste

As conclusões do teste estão localizadas na seção Interpretação, abaixo dos dados estatísticos do Índice de paternidade combinado e Probabilidade de Paternidade.

O relatório mostra uma das duas conclusões: "não é excluído como o pai biológico" ou "é excluído como o pai biológico".

 

Se a conclusão encontra que o alegado pai "não é excluído como o pai biológico", esta frase significa que o pai é o pai biológico da criança, uma vez que todos os dados recolhidos a partir do teste suportam uma relação de paternidade.

 

Se pelo contrário conseguir ler que o suposto pai, "é excluído como o pai biológico", esta frase significa que o suposto pai NÃO É o pai biológico da criança, uma vez que todos os dados do teste não suportam uma relação de paternidade.

 

Se ainda tiver dúvidas sobre os seus resultados ou precisar de ajuda adicional para interpretar o relatório, sinta-se à vontade para nos ligar para o  220 417 190 (seg. a sex.). 

Comentários: 0

Este tema encontra-se fechado. Não podem ser adicionadas mais respostas.