Publicado em por

O ADN, Imortalidade e a Google.

O ADN, Imortalidade e a Google.

"Se me perguntar hoje, se é possível viver até os 500 anos? A resposta é sim, "Diz Bill Maris, em Mountain View, Califórnia. O presidente e sócio-gerente da Google Ventures acaba de completar 40 anos. Mas na sua aparência é de um garoto universitário de 19 anos de idade, com T-shirt, calça de ganga e barba por fazer.

 

Dentro de seu escritório, não há muitas pistas sobre o trabalho Maris, contudo, um olhar mais atento para a sua estante de livros é possível ver uma secção na área da Biotecnologia Molecular: Princípios e Aplicações do ADN recombinante e aplicação e revolução genética Ilustrações Fritz Kahn, um médico alemão que foi um dos primeiros a retratar o corpo humano como uma máquina. Um livro chama especial atenção de uma pessoa interessada em viver até aos 500 anos: Quando os humanos transcendem a biologia, publicado em 2005, é a obra do futurista Ray Kurzweil.

 

Nesta obra é possível encontrar que afirmações que em 2045, a humanidade terá seu momento final: A ascensão dos computadores vai superar toda a capacidade humana e controla-la. Para nos mantermos no controlo, vamos ter que transformar radicalmente a nossa biologia via nano-robôs que irão reforçar a nossa anatomia e nosso ADN, mudando tudo sobre como vivemos e morremos.

 

"Ele vai nos libertar de nossas próprias limitações", diz Maris, que estudou neurociência no Middlebury College e já trabalhou em um laboratório biomédico da Universidade de Duke. Kurzweil é um amigo. Google contratou-o para ajudar Maris e outros Googlers  a entender um mundo em que as máquinas superaram a biologia humana. Isso pode ser, um futuro distópico aterrorizante para alguns. Para Maris, é apenas o futuro do negócio.

 

Este é o lugar onde ele espera encontrar, a próxima geração de empresas que vão mudar o mundo, ou, eventualmente salvá-lo, na área do ADN. "Na verdade, temos as ferramentas nas ciências da vida para alcançar qualquer coisa basta ter a audácia de imaginar", diz ele. "Eu só espero viver o suficiente para não morrer."

 

Este ano Bill Maris tem 425 milhões de dólares para investir em companhias que estudam o envelhecimento, reversão de doenças e extensão da vida através do ADN.

 

Cada vez mais os testes de adn, biologia e investigações moleculares, avançam no sentido de tornar o ser humano mais capaz e mais robusto.

Comentários: 0
Mais sobre: Imortalidade e a Google., O ADN

Apenas os utilizadores registados podem enviar comentários.
Iniciar uma sessão e enviar comentário Registar agora