Publicado em por

Testes de Paternidade e os Marcadores Genéticos

Testes de Paternidade e os Marcadores Genéticos

 

Por vezes, no apoio ao cliente a primeira questão que nos é colocada relativamente aos testes de ADN é a seguinte:

Quanto marcadores genéticos são utilizados nos vossos testes de paternidade?

Não havendo uma resposta correcta a esta pergunta porque, dependendo da complexidade da amostra, mais marcadores são utilizados de forma a garantir um resultado 100% fiável.

Testámos até 40 marcadores genéticos se for necessário de forma a garantir um resultado 100% fiável num teste de paternidade.

Para não tornar este exposição muito teórica, em seguida são apresentados dois casos reais, de forma a sermos mais objectivos:

 

Caso 1:

Teste de Paternidade entre irmãos - Pai Ausente

Dois alegados irmãos, que partilham a mesma mãe pretendem saber se também partilham o mesmo pai. Após o laboratório ter testado mais de 30 marcadores entre estes dois irmãos, não conseguiu dar uma conclusão 100% fiável.

Isto deve-se ao facto de haver uma grande partilha de ADN entre os dois irmaõs e ser necessária mais uma pessoa, parente do alegado pai, ou a mãe, para se poder chegar a uma conclusão 100% fiável. (Estes casos são raros acontecer em laboratório, mas poderá ocorrer 1 em cada 10.000 casos).

 

Relatório Caso 1:

Teste_de_Paternidade_Irmaos

Conforme se pode concluir, a probabilidade dos dois irmãos partilharem a mesma mãe e pai biológico é de 12,5%, ora este é um erro muito elevado, pelo que o laboratório pediu neste caso uma nova amostra e concluiu o exame com 100% de certeza.

 

Caso 2:

Teste de Paternidade entre Irmãos - Pai Ausente

Dois alegados irmãos, que partilham a mesma mãe pretendem saber se também partilham o mesmo pai. O laboratório ao fim de 16 marcadores já tinha uma resposta 100% fiável para poder entregar ao cliente.

 

Resultados Caso 2:

Teste_de_Paternidade_Irmaos_16_Marcadores

 

Conforme se pode concluir neste resultado, ao fim de apenas 16 marcadores genéticos foi possível entregar o resultado, sem mais testes extras.

 

Conclusão:

Por vezes, um maior número de marcadores genéticos não significa um resultado mais fiável, normalmente deve significar, mas o mais importante é garantir que o laboratório não pare de extrair marcadores até que consiga dar um resultado 100% fiável ao cliente.

Respondendo à questão inicial colocada neste artigo: Quantos marcadores genéticos são utilizados nos teste de Paterndiade?.

Na CódigoADN existe um padrão minimo de 17 a 20 marcadores, no entanto, nunca é possível entregar um número fixo de maracdores genéticos, porque cada caso é um caso, e os laboratórios da CódigoADN fazem a  extração dos marcadores genéticos necessários de forma a poder garantir um resultado 100% fiável.

Ainda tem dúvidas sobre testes de paternidade e os marcadores genéticos? Fale connosco.

Apoio_ao_Cliente_CodigoADN

 


Apenas os utilizadores registados podem enviar comentários.
Iniciar uma sessão e enviar comentário Registar agora