Teste de Paternidade Forense

 
 

Teste de ADN Forense

 

O teste de ADN forense tem a mesma taxa de confiabilidade que um teste de paternidade em que a colheita é realizada às células da boca, logo é altamente preciso. Normalmente os testes de ADN são realizados usando uma zaragatoa, material esterilizado que segue juntamente com o kit de colheita de ADN.

No entanto, em alguns casos não é possível obter amostra das células da boca, portanto são aceites amostras alternativas. Neste tipo de teste de ADN é utilizada uma amostra forense. Os prazos de resposta para os resultados variam consoante a qualidade e o tipo de amostra que envia.

Se optar por usar uma amostra forense os tempos para obtenção dos resultados podem variar entre 10 a 20 dias úteis.

A Código ADN disponibiliza vários testes de ADN para que se possa estabelecer um vinculo biológico até à 2ª geração. É possível fazer um teste de adn, através de materiais genéticos alternativos.

Normalmente o teste de adn forense é utilizado quando um dos intervenientes não se encontra disponível para fazer o teste de adn, então através de outras amostras alternativas como cabelos com raiz, pastilha elástica, unhas entre outras amostras é possível chegar a um resultado que esclareça todas as dúvidas.

Tenha em atenção à parte legal. Não pode enviar uma amostra de uma pessoa sem o consentimento da mesma. Certifique-se que tem o consentimento de todos os intervenientes no exame e tutores legais, se aplicável. Informe-se com o apoio ao cliente. Este serviço têm várias limitações.

 


  informacao_teste_de_ADN_paternidadelimitações do teste de ADN forense

Quanto mais tempo passar desde a recolha da amostra genética até à execução do exame em laboratório, menor a probabilidade de se conseguir obter um perfil de adn válido. Tenha também em consideração que o laboratório está sempre dependente da qualidade da amostra enviada. Normalmente os exames de ADN com amostras forenses são emitidos com 16 até 21 marcadores genéticos. Contudo a sua fiabilidade é superior a 99,9%.

 
 

 

Que amostras podem ser utilizadas e onde existe adn para poder realizar um teste de adn forense?

 

 

Qualquer fonte de tecido ou fluido biológico pode ser utilizado como fonte de ADN, uma vez que estes são formados por células. As amostras mais comuns são sangue, sémen, cabelo, saliva, urina, pele, unha, ossos, líquido amniótico, suor, etc...

 


  informacao_teste_de_ADN_paternidadecontaminação das amostras utilizadas

É preciso especial atenção quanto à contaminação e degradação do ADN, pois esta pode ocorrer tanto no local de extracção de ADN como no seu transporte. Quanto mais rápida for colhida a amostra de adn e enviada para o laboratório, mais depressa se mitiga o risco de degradação.

 

Posso provar a culpabilidade de uma pessoa em teste com uma amostra forense?

O uso do teste de ADN forense numa investigação particular (outro tipo de investigação que não a paternidade) não pode por si só provar a culpabilidade nem a inocência de uma pessoa, contudo, pode estabelecer uma ligação entre essa pessoa e o acto que se encontra a investigar. Atualmente a identificação de pessoas através do teste de ADN forenses já é aceite em processos judiciais em todo o mundo, com a devida custódia procedimental (uma recolha feita por um particular nunca tem valor em tribunal, devido à ausência de custódia documental). 

 


  Helix_DNAa legalidade de um teste de ADN forense

Tenha em atenção que não pode realizar um teste de ADN sem o consentimento da outra pessoa em teste. Não pode realizar um teste de paternidade, ou outro exame, com unhas (ou outras amostras) que obteve ilegalmente e sem o consentimento da pessoa para fazer o exame. Também é aplicado o mesmo principio quando o exame de adn envolve um menor, visto que, ambos os tutores legais têm que ter conhecimento e dar autorização para a execução do exame de ADN. Na dúvida, ligue com o apoio ao cliente.

 

Teste de ADN forense não coadificante.

Sempre que for possível obter um perfil genético para identificar o individuo presente nas amostras, somente algumas regiões do ADN são analisadas, ou seja, o ADN não coadificante. As regiões escolhidas são as que apresentam maior variação individual na facilidade do estudo. Estas regiões são denominadas de marcadores genéticos ou lócus. Os marcadores genéticos podem ser utilizados para “caracterizar” o perfil de ADN de um individuo que lhe é particular. Contudo, sempre que é apresentado o relatório, e apenas no teste de ADN forense não será possível ver os perfis de ADN extraídos Obterá o relatório do laboratório com os perfis de ADN omissos, sempre que o teste não vise uma relação biológica mas apenas uma identificação do dador.

 

Que resultados posso obter do teste de ADN forense?

 

Os resultados do teste forense são expressos através de linguagem corrente da seguinte forma:

  • Positivo: Os indivíduos estão relacionados biologicamente, e que tipo de relação biológica existe;
  • Negativo: Os indivíduos não estão relacionados biologicamente;
  • Indeterminado: Não existência de ADN suficiente na amostra enviada, para fazer uma comparação.

 

Quais as amostras que pode enviar para o laboratório?

 

Tipo de amostra Descrição da amostra Método envio Taxa sucesso*
Sangue sangue em tubo de vácuo tubo EDTA 3ml  99%
Mancha de Sangue mancha seca Sangue em papel, tecido ou outro envelope papel  95%
Unhas unhas mãos / pés (minimo 6 unhas) envelope papel  75%
Cabelos cabelos com raíz (minimo 8 cabelos) envelope papel  60%
Lâminas presença de residuos de sangue envelope papel  75%
Escova dos dentes escova dos dentes usada com frequência envelope papel  50%
Dentes preferencialmente molares ou caninos envelope papel  70%
Cordão umbilical cordão Humbilical seco saco hermético selado  85%
Lenço papel lenço de tecido utilizado envelope papel  30%
Esperma Sémen Sémen em tecido seco ou preservativo saco hermético selado  90%
Selo com saliva Selo ou envelope com saliva envelope papel  20%
Pastilha elástica Pastilha elástica mascada envelope papel  25%
Cera do ouvido Cera do ouvido em cotonete envelope papel  40%
Roupa Roupa com manchas biológicas envelope papel  40%
       

 

icon_asteristico_teste_de_ADN A taxa de sucesso refere-se unicamente à taxa de se obter um perfil de ADN e são meramente indicativas (não refletem a taxa de extração do laboratório), após a obtenção desse perfil de ADN o exame tem uma confiabilidade superior a 99,9%.

Utilizando o exemplo da amostra de cabelos, com uma taxa de sucesso de 60%, a leitura deve ser feita da seguinte forma: A cada 100 amostras que chegam ao laboratório em apenas 60 amostras o laboratório consegue um perfil de ADN válido para execução do exame de ADN, sendo que, após a obtenção do perfil de ADN, os exames tem uma nível de certeza superior a 99,9%.

 


  informacao_teste_de_ADN_paternidadeenvio de amostra(s)

O preço do exame apenas incluí uma amostra. Se pretende submeter mais que uma amostra, contacte o apoio ao cliente para se informar sobre preços. Imagine que pretende submeter unhas, contudo também pretende submeter uma escova dos dentes para analisar, o preço de 399€ apenas está incluído uma amostra, ou as unhas, ou a escova dos dentes; se pretender enviar as duas o preço será superior; Nao existe número minimo de amostras a submissão. Escolha amostras que tenham mais probabilidade de se obter ADN.

 


  informacao_teste_de_paternidadeOpte sempre que possível por um teste de paternidade com colheita feitas nas células da boca.

Um teste de paternidade forense, envolve muitas variáveis umas que pode controlar outras não. A questão da legalidade é uma delas, não solicite este exame se pretende fazer o teste de paternidade sem o consentimento de um dos intervenientes. Todos os intervenientes devem dar o consentimento para a execução do teste de paternidade. Outra questão fora do seu controlo é a qualidade da amostra enviada, nem sempre é possível obter um perfil de ADN das amostras enviadas, logo, não é possível realizar o teste de paternidade. Existem inúmeras vantagens em enviar amostras de referência, por exemplo células da boca, desde logo as vantagens são: resultados mais rápidos, mais marcadores genéticos, possível apresentar resultado em tribunal para inicio de averiguação de paternidade.

Veja aqui o Teste de Paternidade Informativo (24 marcadores genéticos)
 

 


  Helix_DNAprecisa de um teste de paternidade para o tribunal ou SEF?

Tenha em atenção que um teste de paternidade forense não tem valor jurídico. O teste de paternidade informativo realizado nas clínicas parceiras pode ser apresentado em tribunal para início de averiguação de paternidade, contudo, será sempre necessário realizar uma contra-prova;

Se pretende apresentar o teste de paternidade em tribunal ou no SEF (serviços de estrangeiros e fronteiras) realize um
teste de paternidade com valor jurídico icon_link2.

 

...ainda tem questões?

veja abaixo algumas questões frequentemente

se a sua questão não estiver respondida entre em contacto connosco

 


duvidas_teste_de_adn_paternidade... perguntas mais frequentes


Quanto custa o teste de paternidade forense?
O teste de paternidade forense tem o custo de 399 €.

Quanto tempo demora a receber os resultados do teste forense?
Os resultados são concluídos entre 10  a 20 dias úteis. 

Quando é ulizado um teste de ADN forense?
Normalmente recorre-se a este tipo de teste quando um dos intervenientes não está disponível para a recolha de ADN.

Que amostras posso enviar?
Veja a tabela com as
amostras de ADN admissiveis

Só é possivel utilizar o teste de ADN forense em casos de paternidade?
Não. Pode ser utilizado em qualquer exame para estabelecer uma relação biológica.

O teste de ADN forense tem valor jurídico?
Não, porque não é possível fazer estabelecer uma custódia documental da origem da amostra.


 

 

kit_colheita_de_ADN