Grávida

Teste de paternidade durante a gravidez

 

apoio_ao_cliente_codigoadn1

teste de paternidade

 

Teste_de_Paternidade_Durante_a_Gravidez Teste de paternidade pré-natal não invasivo


A CódigoADN é o único laboratório em Portugal a disponibilizar o teste de paternidade durante a gravidez não invasivo, sem qualquer risco para a mãe e para a criança. O teste de paternidade pré-natal tem um nível de precisão acima de 99.9%, o nosso teste é o único acreditado pelo ISO 17025 e a AABB. A Tecnologia utilizada neste exame é tão avançada que somos o único laboratório que não exigimos um novo exame após o nascimento, garantindo assim 100% de fiabilidade ao exame de ADN Pré-natal.

O exame de ADN pré-natal pode ser realizado a partir da 8ª semana de gestação, apenas pela colheita de sangue no braço da mãe e uma colheita de células da boca do pai, os resultados estarão concluídos entre 7 a 10 dias úteis;

 

icon_vantagens_teste_de_paternidade 

Quais são as vantagens do teste durante a gravidez não invasivo?


1. O teste de ADN pré-natal é um teste sem qualquer tipo de risco comprado com testes de paternidade durante a gravidez que implicam a recolha de líquido amniótico. Por isso não precisa de se submeter a procedimentos invasivos como amniocentese que podem pôr em perigo a vida do seu filho, induzir o parto precoce ou causar um aborto espontâneo.

2. Com este procedimento não invasivo e após a colheita de ADN não terá efeitos indesejados como febres, cólicas, sangramento ou o risco de perda de líquido amniótico, que são fatores que podem acontecer após procedimentos invasivos.

3. A recolha de amostras para o teste de ADN pré-natal é realizada diretamente nas clínicas da CódigoADN. Não precisa pagar a um médico para avaliar a sua gravidez, os nossos profissionais de saúde tratam de todos os procedimentos.

4. O exame pré-natal não invasivo pode ser realizado mais cedo na gravidez do que outros exames pré-natais invasivos. O teste pode ser realizado a partir da 8ª semana de gestação (contagem dada pela ecografia) ou a partir da 9ª semana de gestação se fizer a contagem a partir da sua última data de menstruação.

5. Os resultados estarão concluídos em apenas 7-10 dias úteis e serão entregues via email, carta ou pode levantar nas clínicas da CódigoADN.

 

Icon_flexibilidade_Teste_de_Paternidade

Como funciona o teste pré-natal de paternidade?


Os geneticistas sabem há muito tempo que o ADN fetal está presente no sangue materno durante a gravidez. Através de um equipamento de alta tecnologia somos capazes de isolar o chamado ADN fetal do plasma sanguíneo materno e analisar 2304 lócus para estabelecer a paternidade. Este procedimento torna o exame muito preciso, garantindo 100% de fiabilidade aos nossos exames.

O teste de paternidade durante a gravidez exige que a mãe esteja presente na clínica, visto que é necessário fazer a colheita de sangue no seu braço, contudo a colheita do Pai, em situações excepcionais e de confidencialidade será possível realizar em casa, pois implica apenas a colheita de células da boca, contudo, a CódigoADN recomenda que ambos os pais estejam presentes na clínica.

 


  informacao_teste_de_ADN_paternidadelimitações do teste de ADN pré-natal

Este teste não deve ser usado quando os supostos alegados pais tem uma relação biológica próxima «familiares diretos», em casos de incesto, gravidez de aluguer, óvulos doados ou para indivíduos que tiveram transplantes de medula óssea ou exibem qualquer outro quimerismo.

 


  Helix_DNAem suma,

A realização de um teste de paternidade durante a gravidez é uma escolha 100% segura tanto para mãe como para a criança, apenas precisamos de fazer a recolha de sangue do braço da mãe e a colheita de células da boca do alegado pai.
Este teste tem de ser realizado nas clínicas da CódigoADN junto dos seus profissionais de saúde. Se pretende fazer a recolha de ADN num local diferente contacte primeiro com o apoio ao cliente. O seu resultado estará pronto em 7 a 10 dias úteis com uma probabilidade superior a 99,9% no caso de um exame positivo ou uma exclusão de 100% se o pai for excluído como o pai biológico da criança. A CódigoADN é o unico laboratório em Portugal a executar este exame.

 

Diferenças entre teste de ADN invasivo e não invasivo.

Existem várias formas de poder realizar o teste de paternidade durante a gravidez, poderá fazer de uma forma invasiva, ou poderá optar por não colocar o seu bebé em risco e fazer um teste pré-natal não invasivo.

 

 

Teste de Paternidade durante a gravidez invasivo

Teste de paternidade durante a gravidez não invasivo - CódigoADN®
Quando é que o teste pode ser feito? O teste da amniocentese pode ser feito a partir das 15 semanas e o CVS a partir da 10 ou 11 semana

 

Pode ser feito a partir da 8ª semana de gravidez. A códigoADN recomenda que este teste seja feito junto dos seus profissionais de Saúde

Amostra de ADN colhida As amostras de um teste invasivo só podem ser colhidas pelo seu obstetra/ ginecologista e com anestesia local

 

A recolha é feita pelos nossos enfermeiros ou por médicos, sem necessidade de anestesia

Diferença em valores Normalmente estes teste custam perto dos 1500€.

 

O valor do teste pré-natal não invasivo é de 1599€

Fiabilidade A probabilidade dos testes invasivos é de 99,9%

 

A fiabilidade do teste não invasivo é superior a 99,9%

Riscos e efeitos secundários Os testes invasivos têm muitos efeitos secundários, como dor, febre e complicações graves, como perda de líquido amniótico. Também existe um pequeno risco de causar um aborto espontâneo.

 

Sem efeitos secundários. 0% de risco para a mãe e para o bebé.

 

 

 

... presença do ADN fetal na corrente sanguínea da mãe.

 

O sangue da mãe contém uma quantidade de ADN do bebé em desenvolvimento. Os volumes de ADN encontrados no sangue da mãe, podem variar dependendo das semanas de gravidez. Uma vez colhidas as amostras de sangue tanto no alegado pai como na mãe iremos proceder à análise do ADN fetal que se encontra em livre circulação no sangue materno.

Após a extração do ADN do feto é extraído também o ADN do alegado pai e da mãe, através de processos laboratoriais é feita a comparação e estabelecido, ou não, um vinculo biológico entre o alegado pai e o feto.

 

teste-de-adn-pre-natal-nao-invasivo-prodecimentos


informacao_teste_de_ADN_paternidadeobservação:

O volume de ADN fetal no sangue da mãe, normalmente, aumenta à medida que a gravidez progride em número de semanas. Este teste requer um volume mínimo de ADN fetal nas amostras recolhidas de modo ao laboratório ser capaz de extrair marcadores genéticos fetais suficientes. Contudo cada gravidez é diferente; a grande maioria dos nossos testes são concluídos com sucesso, no entanto, poderá haver situações em que não existe ADN fetal suficiente. Neste caso, vamos exigir que seja feita uma nova recolha de sangue na mãe. O cliente não incorre em qualquer custo adicional na segunda análise.

 

 

Veja abaixo 9 razões porque deve fazer o seu teste pré-natal não invasivo com a CódigoADN:

 

  • Teste totalmente seguro para a mãe e para o filho(a);

  • Resultados em 7 a 10 dias úteis;

  • Realizado a partir da 8ª semana;

  • Empresa portuguesa registada na comunidade europeia;

  • Profissionais de saúde habilitados para a realização da colheita de ADN;

  • Apenas colhemos sangue na mãe, sem qualquer risco

  • Colhemos uma amostra de ADN na cavidade bucal do Pai;

  • Presença em todo o território nacional;

  • Realização do seu teste de ADN pré-natal com acreditações ISO17025 e AABB;

 

 

Icon_como_realizar_do_Teste_de_paternidade

As diferenças entre os laboratórios da CódigoADN™ e outros laboratórios

 

Comparação de testes de paternidade pré natais

Caracteristicas do Teste

CódigoADN™ LAB A LAB B LAB C

Fiabilidade acima de 99,9%

check_mark.jpg      

Realizado a partir da 8ª Semana

check_mark.jpg

Após 14ª Semana

Após 10ª Semana Após 11ª Semana

Laboratório não precisa de confirmação após o nascimento

check_mark.jpg   check_mark.jpg  

Laboratório Certificado

check_mark.jpg check_mark.jpg check_mark.jpg check_mark.jpg

Empresa Registada na comunidade Europeia

check_mark.jpg check_mark.jpg   check_mark.jpg

Profissionais de Saúde Habilitados para fazer a colheita em Portugal 

check_mark.jpg check_mark.jpg    

Sem qualquer risco para a mãe o feto e para o PAI

check_mark.jpg   check_mark.jpg  

Opção A (Saber qual o sexo da criança)

check_mark.jpg      

Opção B ( Realização do exame em modo urgente)

check_mark.jpg      

 


  Helix_DNAa ciência por trás do teste de paternidade durante a gravidez

Os riscos dos testes de paternidade invasivos sejam por amniocentese como pela recolha de vilosidades coriônicas ou CVS, requer sempre a inserção de uma agulha no útero. A inserção causada pela agulha no útero, a punção do saco amniótico ou o contacto da agulha com o feto podem ter sérias consequências, incluindo deformar ou ferir os membros do bebé ou um aborto espontâneo. O que distingue um exame não invasivo é precisamente não interferir com o bebé e fazer a colheita no braço do sangue da mãe.

Como é que a tecnologia deteta o ADN do bebé no sangue da mãe?

Um dos principais métodos pelos quais as células fetais se encontram no sangue materno é por apoptose das células da placenta. As células da placenta morrem, separam-se da parede placentária e são substituídas por novas células. As células mortas circulam livremente na corrente sanguínea da mãe. Este processo – em que as células da placenta morrem e são substituídas – está sempre a acontecer durante a gravidez. Na realidade o que acontece é que o volume de células mortas da placenta numa amostra de sangue materno aumenta à medida que a gravidez progride (devido ao aumento do tamanho do feto).

Para analisar o ADN fetal na amostra de sangue materno, recorremos a uma tecnologia de polimorfismo de nucleótido único. O termo polimorfismos de nucleótidos únicos ou SNPs refere-se a variações no código genético entre um indivíduo e outro. A análise de polimorfismos de nucleótido único permite uma discriminação muito precisa do ADN fetal. Material genético que é comparado com o ADN do suposto pai.

Devido à quantidade de SNP a precisão do exame é superior a 99,9% nos casos em que o pai testado é o pai biológico do feto. Se o alegado pai não for o pai biológico é excluído com uma probabilidade de 100%.

 

 

...ainda tem questões?

veja abaixo algumas questões que são realizadas frequentemente

se a sua questão não estiver respondida entre em contacto connosco

 


duvidas_teste_de_adn_paternidade... perguntas mais frequentes


Quanto custa o teste de paternidade pré-natal?
O teste de Paternidade pré-natal tem o custo de 1599 €.

Quanto tempo demora a receber os resultados do Teste de ADN pré-natal?
Os resultados são concluídos entre 7 a 10 dias úteis. Normalmente 7 dias úteis.

A colheita de ADN pode ser realizada em Casa?
Não. A colheita é realizada nas nossas clínicas, contudo podemos fazer a colheita ao domicilio.

Quando faço o pagamento do exame de ADN?
O pagamento é realizado após fazer a colheita de ADN na clínica.

A colheita de ADN feita às células da Boca ao Pai é tão fiável como o Sangue?
Sim. A colheita de ADN é tão ou mais fiável que o sangue.

É seguro fazer a colheita de ADN desta forma? Quanto tempo demora a fazer a colheita?
Sim. O procedimento é completamente seguro para a mãe e para o feto. O tempo total na clínica é normalmente entre 15 a 20 minutos.

A que partir de semana de gestação pode realizar o teste de ADN pré-natal?
A partir da 8ª semana de gestação.

Se for necessário uma nova colheita de ADN na mãe, tenho que pagar um novo exame?
Não. O seu exame é pago uma única vez, até ter o resultado consigo.

 

 

Fale com o apoio ao cliente sem qualquer compromisso, esclareça todas as suas dúvidas

 

apoio_ao_cliente_codigoadn1

 

 


Mostrar por página
Ordenado por

O teste pré-Natal de ADN, é realizado a partir da 9 semana de gestação para saber se um individuo é o pai biológico do feto.

 

1.599,00 / Kit(s) *
*
IVA incluído. Portes de Envio Grátis